Marketing Digital X Marketing Tradicional

A internet tem dado novas capacidades aos consumidores e aos produtores. Como consequência, o processo de gestão de marketing tradicional tem mudado radicalmente e em um intervalo de tempo muito curto.
As empresas ainda estão se adaptando a essa realidade, e as vezes acaba sendo útil voltar atrás para lembrar os processos anteriores para entender e extrair as oportunidades que podem ser geradas dessa evolução.

 

Muitas empresas têm se apressado em executar estratégias no âmbito digital e nas redes sociais pelo rápido crescimento que tem tido na sociedade, mas isso não significa necessariamente que essas novas ferramentas signifiquem mais oportunidades ou que estejam sendo utilizadas da maneira mais eficaz.

 

A internet afeta a cada um dos cinco passos básicos do processo de gestão do marketing. Vamos ver como:

 

• Pesquisa: A pesquisa é o ponto de partida do marketing. Kottler (1999) diz que, “sem pesquisa uma empresa entra no mercado às escuras”.
Na hora de fazer uma pesquisa sobre qualquer tema, a internet tem feito uma autêntica revolução; todo mundo pode ter acesso mais rápido a informação para conhecer melhor a concorrência, a situação em que o mercado se encontra, etc..
Exemplo: a internet permite fazer questionários para saber a opinião dos/as consumidores/as a um baixo custo, com um relevante e rápido resultado. Também podemos extrair informação valiosa do social big data, ou seja, do conteúdo que os/as usuários/as compartilham nas redes sociais.

 

• Segmentação, planejamento e posicionamento: através da pesquisa, é provável que se descubram novos segmentos de consumidores.
A internet é um excelente canal para chegar a segmentos muito concretos: comunidades online em torno de temas, redes sociais de temáticas muito específicas, influencers que arrastam um público muito concreto, blogs, hashtags. Tudo isso nos permite realizar de um modo rápido a identificação de oportunidades através de termos de busca concretos.

 

• Marketing Mix: nesta fase encontramos os tradicionais 4 P’s do marketing, nos quais a irrupção da internet tem gerado ampla gama de possibilidades para os/as consumidores/as:

 

– Produto. Oferecendo aos consumidores/as a possibilidade de se informar melhor sobre novos produtos, podendo compará-los de uma maneira simples e opinando sobre eles. Além disso, vemos como a premissa que expressava Casserly (2009) de que “quanto mais simples a compra de produtos através de internet, maior consumo poderá ser gerado”, continua dando como exemplos as novas plataformas de pagamento mediante Paypal.
– Preço. Oferecendo preços mais competitivos nas lojas online do que nas lojas físicas, com a possibilidade de venda 24h e a todos os lugares do mundo. Também a fixação inversa do preço, por exemplo, leilão de produtos.
– Distribuição. Transformando-se em um novo canal de distribuição que funciona com regras diferentes. Por exemplo, sendo o próprio cliente quem assume os gastos de envio ao ter em contrapartida a possibilidade de escolher a compra online na qual já não há tanta limitação de datas de horários. – Promoção. Transformando-se em um novo meio de comunicação através do qual é possível chegar de uma maneira muito mais segmentada ao público alvo e podendo medir cada ação realizada. As possibilidades que oferece a internet para promoção são infinitas. E deste ponto da estratégia de marketing tem surgido inclusive novas plataformas de venda como Ebay, Privalia ou, recentemente, Wallapop, onde a promoção de produtos que não são novos ou sazonais têm seu lugar.

 

• Aplicativo: depois do planejamento e do marketing mix, a empresa deve produzir, por dinheiro, distribuir e promover o produto ou serviço designado. A rapidez de comunicação graças ao e-mail é maior e, portanto, permite dar as empresas uma eficácia, uma agilidade e uma gestão melhores.
• Controle: As empresas exitosas são empresas em constante aprendizado. É imprescindível colher informação de mercado, avaliar os resultados, fazer correções, etc.. Internet é um meio em que, a baixo custo, se pode criar questionários pós-vendas para conseguir essa informação de controle e feedback com o mercado.

 

A evolução é constante, e por isso as estratégias de marketing que se realizam na era digital sempre deverão contemplar as ferramentas tecnológicas se desejamos obter os melhores resultados possíveis.

Para isso, é claro, primeiro as empresas devem ser conhecedoras destas ferramentas de seu alcance e funcionamento, visto que as ferramentas digitais são uma maneira mais para fortalecer nossa estratégia de marketing, não o único caminho a seguir.

A Gigapixel pode ajuda você a gerenciar suas redes sociais e encontrar as melhores estratégias para direcioná-las ao aumento dos/as seus clientes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *