Primeiro vamos definir o que é uma Rede Social.

Segundo a Academia Real Espanhol em 2016, uma Rede Social é denifida como uma plataforma digital de comunicação global que põe em contato um grande número de usuários/as.

As redes sociais te permitem:
Ter um perfil (contar quem você é)
Ter uma rede de contatos (contar com quem você se junta ou quais amigos/as você faz)
Poder interagir com seus/uas clientes, criar conteúdos para eles/as e compartilhar (contar o que gostamos, como usamos e o que temos aprendido de nossas experiências)
Tudo isso está aí para qualquer pessoa que queira te conhecer, em qualquer momento e a qualquer hora, mesmo quando você não está de frente para o computador.
Hoje em dia a tendência não é ir atrás do/a cliente, mas despertar o interesse dele/a para fazer com que ele/a queira continuar sabendo de você através das redes sociais. A ideia é contar coisas, e através dos conteúdos do seu blog ou redes fazer com que busquem por você. Esta seria a definição rápida de Inbound Marketing (podemos falar mais disto em outro momento).
Através das redes sociais os/as empresários/as e as pessoas empreendedoras podem modernizar seus negócios, chegar mais rápido ao seu mercado e competir internacionalmente. Além de conectar seus clientes e fazer suas empresas mais produtivas e mais competitivas.

As redes sociais são ferramentas fabulosas para publicitar e promocionar seus produtos, serviços ou contar simplesmente o que sua empresa faz para satisfazer as expectativas de seus clientes.
Dentro de todas as redes conhecidas, Facebook, Twitter,YouTube e Instagram são as preferidas e mais utilizadas. Ainda que cada uma tenha suas vantagens e todas podem se complementar. WhatsApp e Facebook são as redes sociais de preferência de 76% das pessoas, segundo a Associação da publicidade, marketing e comunicação digital da Espanha.
Ainda que o principal uso das redes sociais continue sendo social,ou seja, nos comunicar, ver atualidades, comentá-las, compartilhá-las, se comunicar com nossos contatos e enviar mensagens, 57% dos/as usuários/as do Facebook seguem alguma página de empresa (seja de uma marca, serviço ou produto).

As principais motivações para começar a seguir as marcas são se manter informados/as, conhecer produtos, obter descontos, participar de sorteios, etc..
Os dispositivos móveis são os mais utilizados para se conectar a Internet na atualidade.
As marcas que tem perfis em Redes Sociais inspiram mais confiança, e acompanhadas com mais freqüência, criam mais proximidade com seus/uas clientes. Facebook continua sendo a rede social mais popular. 80% das marcas estão ativas nesta rede.
Além da sua concorrência, seus/uas clientes e possíveis clientes querem poder te ver mais de perto.
O dinamismo e a publicação de conteúdos relevantes para o/a seguidor/a é importante. O principal motivo de continuar seguindo uma marca nas redes sociais é que publiquem conteúdos interessantes, atuais e promoções.
Também, as redes sociais são a publicidade mais aceita. A 51% dos/as internautas lhes agrada receber publicidade de alguma marca porque consideram estar recebendo informação. 1 de cada 3 usuários/as declara ter ido a alguma página de marca nas redes sociais depois de ver um anúncio na mídia.

Com o uso das redes sociais você poderá ter uma escuta ativas, pois estas te permitem manter uma conversação contínua, simples e efetiva com o público objetivo, o que ajuda a gerar um maior vínculo com eles/as. É importante realizar uma escuta ativa sobre o que se diz da sua marca nas redes sociais, analisar que tipo de conteúdo gera mais interação, conhecer em qual horário os/as usuários/as estão mais ativos/as, ou espiar os/as concorrentes. Se se realiza um bom acompanhamento de toda esta informação, se chegará a um resultado muito útil para a tomada de decisões de estratégia de marketing digital, e, portanto, útil para melhorar ações futuras.
Em relação com este ponto, as redes sociais também são um ótimo canal de atenção ao cliente, pois permite aos usuários/as apresentar suas dúvidas, solicitar informação, ou expor sugestões, mesmo que alguns/mas usuários/as também utilizem este canal para expressar queixas. Sobre queixas, ainda que a priori seja negativo, nem sempre é prejudicial, já que muitas vezes uma queixa ou comentário negativo bem gestionados e solucionados a tempo, podem jogar a nosso favor melhorando nossa imagem e inclusive incentivando o desejo de compra.

Ao mesmo tempo, este também é o meio perfeito para melhorar o branding. Para isso, é necessário cuidar de todo o conteúdo utilizado: logo, imagens, redação, etc. Se a empresa está presente em diferentes plataformas, é muito importante que todas sigam o mesmo fio condutor e sejam um claro reflexo dos valores e personalidade da marca.
O aumento de tráfico web é outros dos benefícios que oferecem as redes sociais. A partir dos diferentes perfis, pode-se redirigir os/as usuários/as para a página web corporativa, aumentando as visitas e, deste modo, as possibilidades de que conheçam melhor os serviços/produtos de cada empresa.

E ainda, a publicidade através das redes sociais é outra vantagem a se ter em conta. Em comparação com os meios de publicidades tradicionais têm um custo muito baixo e seu alcance é muito amplo. Além disso, te permite segmentar a seu público com grande rigorosidade, transmitindo sua mensagem a um público muito limitado, e aumentando assim a probabilidade de oferecer a publicidade para as pessoas que realmente estejam interessadas na sua marca.
Os motivos principais para continuar sendo fã de uma marca nas redes sociais é que estas publiquem conteúdo de interesse ou que resolva alguma dúvida, seguido de que publiquem atualidades, promoções e novos produtos.
Facebook tem a taxa de conversão mais alta de e-Commerce, superando as outras redes sociais em tráfico. Esta taxa é de 85%. Se você irá investir em marketing digital, por quê não fazê-lo com a rede que apresenta melhores resultados? No início de 2016, o Facebook tinha 1.590 milhões de usuários/as ativos/as. Nenhuma outra rede social e aproxima destes números. De verdade, você pensaria em perder todo este mercado?
65% dos/as internautas declaras que as redes sociais influenciaram sua compra e o Facebook é a mais influente. Portanto, podemos dizer que existe uma relação entre as redes sociais e o comércio altamente favorecedora.
O que fica claro é que as redes sociais oferecem uma infinidade de vantagens. Hoje em dia qualquer empresa que não tenha um bom plano de Mídias Sociais deveria ter isso adicionado a sua lista de ações pendentes. Por outro lado, recordar que as redes sociais não servem para vender ou encher os/as usuários/as de informação, mas sim, devem ser um meio de conexão para conhecer melhor nosso público, e viceversa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *